Crónicas livreiras - listagem


“PRAXE E TRADIÇÕES ACADÉMICAS”, DE ELÍSIO ESTANQUE. MAIS RIGOR SERIA BOM! (14 Dezembro 2016)
Onde se chama a atenção para o facto de estudantes que foram ícones da academia de antanho estarem a ser tratados com ligeireza (e desrespeito pela verdade histórica) no livro supra de Elísio Estanque, onde o Pantaleão, Pad Zé e Castelão de Almeida chegam a ser classificados como não-estudantes.


IN ILLO TEMPORE - SEMPRE JOVEM, 112 ANOS DEPOIS! (16 Março 2014)
Apresentação de um best-seller da literatura académica coimbrã, que continua a ter, ainda hoje, uma legião de leitores.


PALITO MÉTRICO. CÓDIGO DA PRAXE OU MANUAL DE ACOLHIMENTO? (14 Setembro 2011)
Onde se faz uma leitura guiada através do maior best seller da literatura académica de todos os tempos. O que era a “macarrónea”? Porque são os Decretus académicos escritos em “latim macarrónico”? Quem deu o nome ao Calhabé?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Os comentários são bem-vindos, quer para complementar o que foi escrito quer para dar outra opinião. O saber de todos nós não é de mais.